Políticas públicas para pessoas em situação de rua no Brasil: ações para o exercício da cidadania?

  • Patrícia Marília Felix da Silva Universidad de Guadalajara
Palabras clave: Políticas públicas, Cidadania, Pessoas em situação de rua, Pobreza, Desigualdade social

Resumen

A existência de pessoas em situação de rua em centros urbanos apresenta-se como um fenômeno antigo, denotando sinais de pobreza e desigualdade social, mesmo em países com alto Produto Interno Bruto (pib). Constituindo-se num grupo extremamente heterogêneo, torna-se difícil, inclusive, definá-las e contabilizá-las, o que dificulta ainda mais as possibilidades de ações eficazes. Como tentativa de resolver este problema, diferentes países têm elaborado políticas públicas direcionadas a esta população. Este artigo, portanto, objetiva analisar a realidade das pessoas em situação de rua no Brasil no que se refere às iniciativas do Estado em resolver esta problemática, tomando como foco analítico a política nacional para a inclusão social da população em situação de rua. Além de discussões teóricas, este trabalho baseará suas análises em dados oriundos de minha monografia de bacharelado em Psicologia, a qual colabora para uma análise de ações, ou omissões, do Estado, em implementar políticas públicas de interesse a essa população em Recife, capital de Pernambuco.

Biografía del autor/a

Patrícia Marília Felix da Silva, Universidad de Guadalajara
Doutoranda no Programa de Pós Graduação em Sociologia, do Centro de Filosofia em Ciências Humanas, na Universidade Federal de Pernambuco – Brasil, em intercâmbio na Universidade de Guadalajara – México.
Publicado
2018-01-01
Sección
Artículos